Fechar Close
Retroceder para Notícias

Conversão à PRO: a experiência da jovem Coryn Rivera

02 novembro 2020

Apesar dos seus 28 anos significarem que ela ainda é jovem, Coryn Rivera da Team Sunweb é uma das ciclistas mais experientes na equipa, na qual a média de idades é apenas 24 anos. Os seus 72 títulos nacionais norte-americanos em ciclismo de estrada, ciclo-cross e pista, bem como as vitórias na Volta à Flandres para Mulheres e no The Women's Tour fazem com que a sua experiência seja, essencialmente, em como vencer. Na época interrompida de 2020 isso poderia ser essencial para o sucesso da Team Sunweb.

"É um bocado estranho ser uma das ciclistas mais velhas da equipa", afirma Rivera enquanto se ri. "Sempre fui uma das mais novas, estava sempre a aprender, mas parece que se passa de jovem a velha num ano. Ainda assim, tenho de dizer que tem sido muito divertido partilhar o que sei com as minhas colegas mais novas. Tento ser uma mentora para elas e, como estive no lugar delas há muito pouco tempo, consigo lembrar-me do que sentia e do que queria aprender quando era uma ciclista mais jovem na equipa."

Dado o calendário de competições preenchido, após o reinício da época de 2020, a experiência de Rivera vai ser essencial para o sucesso da Team Sunweb. "Agora que as competições foram retomadas, tem sido sempre a andar", enfatizou. "Tem sido sempre a andar e sem perder o foco total. É uma época condensada, mas todas as competições importantes foram mantidas. Com tantos grandes objetivos no horizonte, a vontade de ter um bom desempenho também é muita. No início das competições o nosso objetivo é sempre ter um bom desempenho, mas este ano a vontade é superior ao normal."

"Estamos muito gratas por ainda termos uma época", adicionou Rivera. "Em comparação com alguns desportos em que as competições foram canceladas, tivemos muita sorte. Como tal, estamos a agarrar esta oportunidade com tudo o que temos e a entrar em grande em todas as competições. Pessoalmente, estou ansiosa que chegue o Giro e as Clássicas."

"Seria fantástico se, enquanto equipa, conseguirmos começar o Giro Rosa com um bom resultado, no contrarrelógio”, continuou. "Depois disso, gostaria de tentar vencer etapas apoiando, ao mesmo tempo, as nossas ciclistas orientadas para a classificação geral na sua busca por terminar na melhor posição possível nas gerais."

Dada a capacidade da Team Sunweb no contrarrelógio em equipa, é possível que Rivera, ou uma das suas colegas de equipa, comecem a 2.ª Etapa com a camisola rosa vestida. Após o Giro Rosa, as Clássicas dão à americana várias oportunidades de conseguir outra vitória importante. Até ao momento, o título obtido na Volta à Flandres para Mulheres 2017 é a sua vitória de maior prestígio no World Tour.

Em 2020, Rivera poderá novamente tentar vencer a 'De Ronde' e, uma semana mais tarde, terá a oportunidade de ser a vencedora do primeiro Paris-Roubaix para mulheres. Chegar a finais de outubro em forma vai exigir uma gestão cuidadosa da carga de trabalho. Também é essencial não se lesionar e, para tal, é necessário ter o ajuste de bicicleta perfeito.

Para esta época, Rivera mudou de selim dentro da gama da PRO Bikegear. "A Team Sunweb já utiliza selins PRO há dois anos”, explicou. "Mudei para o selim específico para mulheres PRO Turnix este ano, depois de utilizar o Selim PRO Stealth na época anterior. No passado, utilizei o Seletor de Selim PRO para restringir as minhas opções, mas depois de ter experimentado os dois selins, achei o Turnix mais confortável."

Com o seu ajuste de bicicleta aperfeiçoado, Rivera está agora pronta para obter um bom desempenho nos próximos meses. "A Team Sunweb é como se fosse uma grande família. Todas vamos buscar inspiração ao desenvolvimento e às equipas masculinas", destacou. "Os homens têm voado na Volta a França e isso motiva-nos a ser tão boas quanto eles, se não melhores, no Giro Rosa e nas competições subsequentes."

Siga o progresso de Rivera e das suas colegas da Team Sunweb nos próximos meses no Twitter(@CorynRivera)e no Instagram(@corynrivera).

Localizar o seu revendedor


Próximos artigos relacionados

Ir para as notícias

Conversão à PRO: Ten Dam descobre o gravel

Após 17 anos enquanto profissional na estrada, Laurens ten Dam optou por uma folga de pneu maior e aventuras fora dos circuitos habituais. ...

Ler mais
BTT

Matt Walker é vencedor da classificação geral da Taça do Mundo de Downhill (UCI WC DH) em 2020

Ler mais
Blog Detail Template